fbpx
Toda a sexta-feira vice prefeito da “uma olhadinha”. Pena que não tenha mandado em todas as últimas sextas feiras o EMASA se mexer.

Chegando as eleições é hora de apresentar aquilo que foi feito e não foi feito também. Vice prefeito esqueceu que a obra é fruto de uma forte mobilização da sociedade Balneense – associações de moradores da região afetada e de uma ação judicial do Foro. Com o a chegada do período eleitoral será normal velhos políticos com velhas políticas apresentarem o que não fizeram, igualmente. A história da ponte da marginal da BR 101 em Balneário Camboriú é uma história intrincada de capítulos tenebrosos, promovidos principalmente pela própria administração de Balneário Camboriú.

Em 2018 o Foro Metropolitano – vendo o arrasto insuportável das obras relacionadas a BR 101 em Itajaí e Balneário Camboriú – ajuizou uma Ação Civil Pública para obrigar os atores a fazerem o que lhes é a obrigação, cumprir contratos. A parte inicial de Itajaí foi entregue no ano passado, a de Balneário tornou-se um dramalhão digno de atores Mexicanos. Uma vez que o EMASA nunca cumpriu sua parte no acordo com a Auto Pista. BR101 quase fechada, ação civil pública, protestos. Esses foram os verdadeiros esforços que fizeram a obra sair do papel, não as “olhadinhas” do vice prefeito.

Nossa homenagem a todos os bravos homens e mulheres que lotaram a Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, se manifestaram, e fizeram sua voz soar para que essa obra ocorresse.

Categorias: Notícias

1 comentário

João Marcelo Mateus · 13 de junho de 2020 às 18:38

Certo

Os comentários estão fechados.

%d blogueiros gostam disto: