fbpx

Concessionária da BR 101 e órgão regulador poderão ser investigados pela Justiça Criminal

Foro encaminhou em 2019 denúncia ao Ministério Público Federal sobre TAC. Órgão determinou o arquivamento, mas remessa de cópias a Promotoria Criminal

O contrato de concessão da BR 101 norte, em Santa Catarina, poderá ser objeto de investigação Criminal pelo Ministério Público Federal, isso em razão de uma representação feita pelo Foro Metropolitano da Foz do Rio Itajaí Açu. No despacho, o Procurador da República determinou o arquivamento do caso na área cível (em razão já da existência de processo) mas determinou o encaminhamento do caso ao Procurador competente.

Ler mais

Itajaí completa 160 anos.

Parabéns aos bravos Itajaienses que há 200 anos constroem esta cidade. Nós do Foro Metropolitano da Foz do Rio Itajaí Açu nos sentimos orgulhosos e motivados por levar o nome desta importante cidade.

A cidade erguida na Foz do Rio Itajaí-Açu, porta de entrada para uma das regiões mais prósperas de Santa Catarina, completa nesta segunda-feira (15) seus 160 anos de emancipação político-administrativa e 200 anos de colonização. A história de Itajaí, um dos mais importantes municípios de Santa Catarina, se inicia a partir de uma formação étnica diversificada. À cultura indígena, somaram-se as contribuições de imigrantes de diversas etnias, que construíram o que hoje é uma das mais fortes cidades do Estado e do Sul do Brasil.

Vice prefeito de Balneário Camboriú e “a cortesia com chapéu alheio”

Toda a sexta-feira vice prefeito da “uma olhadinha”. Pena que não tenha mandado em todas as últimas sextas feiras o EMASA se mexer.

Chegando as eleições é hora de apresentar aquilo que foi feito e não foi feito também. Vice prefeito esqueceu que a obra é fruto de uma forte mobilização da sociedade Balneense – associações de moradores da região afetada e de uma ação judicial do Foro. Com o a chegada do período eleitoral será normal velhos políticos com velhas políticas apresentarem o que não fizeram, igualmente. A história da ponte da marginal da BR 101 em Balneário Camboriú é uma história intrincada de capítulos tenebrosos, promovidos principalmente pela própria administração de Balneário Camboriú.

Ler mais

#debate. Vamos falar sobre a qualidade da água em Itajaí?

Evento on-line as 19h45min debaterá sobre a qualidade da água de Itajaí

No dia 09/06/2020 pela nossa fan page no Facebook, faremos uma live para debater os aspectos de qualidade da água em Itajaí. Inúmeras são as reclamações dos moradores sobre a #aguasuja que é recebida nos domicílios. Igualmente há várias reclamações sobre a aplicação de recursos da população em outras áreas. Vamos entender tudo isso? Você é nosso convidado.

População está construindo com o Foro alternativas ao transporte público coletivo

Grupo de trabalho se reuniu na sede do Foro Metropolitano

Participação de todos: O Grupo de Trabalho sobre transporte coletivo se reuniu nesta terça feira (04/06/2020) para discutir os ajustes finais no relatório sobre integração regional do serviço nas cidades de Balneário Camboriú, Itajaí e Camboriú. Esta será uma alternativa com a participação ativa da comunidade no planejamento do transporte público da região, sem qualquer ônus aos cofres públicos.

A população da região anseia por melhorias no transporte coletivo das cidades. O tema vem sendo amplamente discutido e o retorno gradativo determinado pelo governo estadual segue gerando dúvidas aos usuários. O Foro Metropolitano promoveu uma live sobre o tema. O evento se encontra disponível para visualização através do Facebook e Youtube da associação.

Sem data para voltar ainda. Transporte regional sofrerá mais alguns dias

Reunidos pelo Facebook, Foro Metropolitano, Município de Itajaí, Viação Praiana e Consorcio InovAmfri

A região deverá esperar mais alguns dias para ter o serviço de ônibus nas cidades e regionalmente ativado, isso é o que foi revelado no debate ao vivo promovido ontem (01/06/2020) pelo Foro Metropolitano da Foz do Rio Itajaí Açu. Itajaí, por exemplo, ainda não tem previsão de quando liberará o transporte de pessoas pela Transpiedade “ainda não sentamos e alinhamos isto”, disse o secretário

Você pode acompanhar aqui:

Ler mais

Foro Metropolitano fará debate ao vivo sobre como ficará o transporte público na região

O Foro Metropolitano da Foz do Rio Itajaí Açu promove neste dia 01/06/2020 às 20:00 horas uma “live” para discussão sobre o futuro do transporte coletivo regional e municipal.

O evento será transmitido por meio do canal do Foro no Facebook (clique para acessar) e contará com as presenças de Rafael Werner Seara, Gerente Administrativo da Viação Praiana e de Rodrigo Lamin, Secretário de Desenvolvimento Urbano do município de Itajaí e João Luiz Demantova, coordenador do projeto InovaAmfri. Aguardamos sua participação.

#AGUASUJA. Foro solicita providências em ação judicial contra SEMASA e junta novas provas.

O Foro Metropolitano da Foz do Rio Itajaí Açu reiterou seu pedido de andamento da Ação Civil Pública nº 0300602-09.2019.8.24.0033, em tramitação na Vara da Fazenda Pública da Comarca de Itajaí. O processo encontra-se com o juiz desde ano passado e o Foro pede seja uma audiência de conciliação designada.

A AÇÃO: a Ação Civil Pública teve origem após um ano de investigações e apurações, convivendo diariamente com notícias de água suja nas torneiras da cidade de Itajaí, falta de água, água com má qualidade, locais da cidade sem fornecimento de água, busca-se a responsabilização do SEMASA pelos danos que causa à comunidade de Itajaí e Navegantes.

Ler mais

#Conquista. Após recomendação do Observatório Regional prefeitura recua e mantém empregos

Na data de hoje, dia 20/05/2020, recebemos a notícia que a recomendação redigida pelo Observatório Regional e encaminhada para a Prefeitura de Balneário Piçarras surtiu o efeito esperado, o prefeito municipal reconsiderou sua decisão de efetuar o rompimento dos contratos de trabalho dos Monitores Educacionais do município.

Após analisar o real impacto que o rompimento dos contratos de trabalho ocasionaria no munícipio, o Sr. Prefeito em reunião com os servidores, decidiram que para não haver a rescisão dos contratos, os monitores irão ser readaptados, exercendo outras funções na administração pública durante a quarentena, como forma de compensar a carga horária prevista em seus contratos.

Uma grande vitória para todos os Monitores Educacionais daquele município, que não ficarão desamparado em meio à crise ocasionada pelo Coronavírus, e ainda, servirão para a melhoria dos serviços prestados pelo Município.