fbpx

Segurança metropolitana foi o foco da reunião com os comandos da PM e dos Bombeiros

Na noite de hoje, pela primeira vez foi possível reunião dos comandos da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros da região. Próxima reunião temática será com a Polícia Civil, após com as corporações municipais, um compilado com as conclusões será direcionado ao Governador do Estado e as autoridades federais.

Na noite do dia 07/04/2017, realizou-se reunião temática do Grupo de Trabalho de segurança pública do Foro Metropolitano da Foz do Rio Itajaí Açu, os comandos da Polícia Militar e dos Bombeiros estiveram presentes, junto com o comandante da terceira região de Polícia Militar Coronel Koglin. A reunião tinha como objetivo apresentar as corporações a associação Foro de Itajaí e ouvir dos comandos as estratégias de segurança pública para a região da Foz do Rio Itajaí Açu.

A missão do foro regional é de dar representatividade a todas as cidades da região da Foz do Rio Itajaí Açu, desde as maiores até as menores levando aos gestores públicos as demandas da comunidade.

Segurança regional: segundo o comandante da terceira região de Polícia Militar, Cel. Koglin a regionalização das atividades de segurança pública é o caminho que deverá ser seguido é a tendência natural desses trabalhos. “O foco sobre as grandes cidades com o deslocamento dos efetivos culmina no direcionamento da criminalidade para as cidades menores, temos estudos que indicam isso, essas cidades menores, por talvez não terem grande representatividade devem ter uma atenção especial da sociedade para que seja possível que participem elas do recebimento de recursos públicos para a região e, isso com a reunião da sociedade civil é possível” destacou o Coronel.

Acesso a recursos regionais: o Coordenador do Grupo de Trabalho de segurança pública Valdir de Andrade se posicionou no sentido de que é necessária a formação de umconsórcio regional de segurança pública para que seja possível, com a participação de todos os municípios, atingir as metas quantitativas para acesso aos recursos federais de segurança pública:  O PRONASCI, programa de segurança pública do Governo Federal exige que certas quantidades de população, PIB e outros indicadores sejam atingidos, podendo assim as cidades se habilitarem a receber os recursos federais para a aquisição de viaturas, equipamentos entre outros materiais necessários para o trabalho da Polícia e dos Bombeiros, somente com a união das cidades é que isso será acessado, há trabalhos localizados para isso, mas com a criação desse foro é possível auxiliar os poderes públicos nesse caminho. É importante essa gestão participativa. 

Corpo de Bombeiros, preocupações: Ficou evidenciado que a situação dos Corpos de Bombeiros da região é preocupante, a falta de efetivo e de equipamentos para o atendimento das demandas da comunidade é infelizmente a realidade desses profissionais, há falta de recursos e ao médio prazo melhor situação parece não existir. A situação narrada causou perplexidade.

Novas rodadas do Grupo de Segurança: novas reuniões ocorrerão, a próxima será com os delegados de polícia civil e após com as corporações municipais de segurança. A Diretoria Executiva ficou satisfeita e agradecida com a presença dos militares na reunião, sob coordenação do Foro serão elaborados os estudos de caso de cada área e as conclusões serão encaminhadas ao Governador do Estado a União.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: